Viseu vai ver nascer a maior sala de espetáculos e eventos indoor da Região Centro em 2018

Nova “Arena” de Viseu terá capacidade para acolher cerca de 4 mil pessoas. Investimento municipal ascende os 2,5 milhões de euros

O Município de Viseu, a VISEU MARCA e o ARENA ATLÂNTICO – Gestão de Recintos Multiusos, S.A. assinaram ontem o protocolo de cooperação para o desenvolvimento do projeto “Viseu Arena”.

A parceria visa a operação de reconversão, upgrade técnico e restyling global do atual Pavilhão Multiusos de Viseu numa futura sala de espetáculos e recinto multiusos atrativo, de qualidade e referência na região Centro-Norte do país. O investimento municipal deverá ascender os 2,5 milhões de euros.

Nas palavras do Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, o ato público de hoje “marca o nascimento da maior sala de espetáculos e eventos da cidade e da região”. Para o autarca, “o Viseu Arena será um porta-aviões regional da cultura, do turismo e do entretenimento, gerador de públicos, turistas, atividades e emprego” e, assim, “Viseu vai ver nascer a maior sala de espetáculos e eventos indoor da Região Centro, com grande potencial de atração de públicos nacionais e ibéricos, sendo inserida num roteiro nacional de programação e com um modelo de gestão autossustentável.”

A primeira fase do “Viseu Arena” prevê a conclusão dos projetos de execução e especialidade do equipamento até ao final de julho de 2017, seguindo-se a intervenção técnica que deverá estar concluída até julho de 2018. Na Feira de São Mateus 2017, será apresentado o projeto do VISEU ARENA, nos seus detalhes.

O equipamento beneficiará de melhorias estéticas, térmicas e técnicas, nomeadamente ao nível da construção de requisitos acústicos adequados às suas múltiplas vocações, atualmente inexistentes. Além disso, o “Viseu Arena” será capacitado com uma maior lotação de lugares, novos sanitários e zonas de bar e irá usufruir de melhores condições de acesso, circulação e segurança.

Com uma capacidade estimada para acolher cerca de 4 mil pessoas, a nova “Arena” de Viseu assumir-se-á como palco estratégico e privilegiado para os mais diversos eventos públicos de cariz cultural, desportivo, económico, social e de family shows nacionais e internacionais, sendo também projetada para acolher outras realizações de caráter corporate, nomeadamente congressos e/ou encontros empresariais.  

Excluindo outros eventos públicos e privados, o Viseu Arena deverá receber, em velocidade de cruzeiro de exploração, entre 15 a 20 espetáculos culturais durante um ano.

Para Almeida Henriques, o investimento municipal de 2,5 milhões de Euros é um “investimento positivo e racional, que representa menos de 10% do custo de uma construção de raiz para a capacidade prevista.” O Presidente da Câmara destacou ainda a importância da parceria com o Arena Atlântico, apresentando-o como “o mais importante player de gestão de recintos multiusos em Portugal, com elevado know-how na programação de espetáculos e eventos e em atividades como a bilhética e o controlo de acessos.”

O projeto “Viseu Arena”, cujo atual acordo de cooperação se prolonga por cinco anos, visa inserir Viseu no mapa nacional e ibérico da oferta de espetáculos culturais, reforçando a sua dinâmica cultural local, consolidando a sua centralidade e a atratividade regionais e contribuindo diretamente para a sua promoção enquanto polo cultural e destino turístico do Centro-Norte de Portugal. Um projeto que se traduzirá num incremento da oferta para residentes e do número de visitantes e turistas.