Plano “Viseu Seguro” investe meio milhão de euros na segurança de peões em escolas e Circunvalação

 

Câmara declara combate à sinistralidade nos atravessamentos de passadeiras. Reunião de Câmara realizou-se pela primeira vez numa Escola 

A Câmara Municipal de Viseu aprovou esta quinta-feira, 19 de Maio, um plano “amigo dos peões” e de combate à sinistralidade no atravessamento de peões em passadeiras.

O “Viseu Seguro” vai investir, nos próximos 18 meses, meio milhão de euros em medidas de reforço da segurança de peões nas escolas da área urbana e nas rotundas da Circunvalação, o principal eixo rodoviário da cidade.

“Iniciamos hoje um combate sistemático a atropelamentos na cidade e na sua envolvente”
, sublinhou o Presidente da Câmara, Almeida Henriques. “Não fechamos os olhos aos pontos críticos de sinistralidade na cidade. ‘A Melhor Cidade para Viver’ será ainda mais segura e melhor.” 

Simbolicamente, a decisão foi tomada na Escola Secundária Alves Martins, um dos locais alvo da intervenção. Foi também a primeira vez que a Câmara reuniu numa escola. “Esta opção tem uma profunda carga simbólica”, afirmou Almeida Henriques.

O plano “Viseu Seguro” elege as escolas e a Circunvalação da cidade como prioridades, identificando pontos críticos com base nos indicadores de sinistralidade grave registados pela Polícia de Segurança Pública. 13 escolas, 11 rotundas e 69 passadeiras constituem os números-chave da operação.

No eixo de intervenção das escolas, serão abrangidas 12 escolas da cidade e uma da freguesia de Ranhados (ver mapa em anexo), e 29 passadeiras.

Neste âmbito, serão implementados 61 sinais luminosos verticais em 27 passadeiras, 90 marcadores luminosos horizontais (no asfalto) em 18 passadeiras, novos postes de iluminação pública em LED ativados por sensor na presença de peões, assim como outras medidas “amigas” dos pões, como o rebaixamento dos acessos aos passeios e às passadeiras e a colocação pavimento tátil para invisuais.

Na intervenção prevista para a Circunvalação, o “Viseu Seguro” visa reforçar a segurança dos peões nos atravessamentos das passadeiras junto às rotundas, através de melhoria da sinalização das passadeiras e da iluminação, assim como de dispositivos de controlo e desincentivo da velocidade dos automóveis.

Neste contexto, serão abrangidas 11 rotundas e 40 passadeiras. Aqui, o projeto prevê a implementação de 140 sinais luminosos verticais e de 296 marcadores luminosos junto de todas passadeiras, assim como a sua repintura, e a aplicação de 22 postes de iluminação LED ativados por sensor nas passadeiras com menor visibilidade.

Uma das novidades e apostas do plano consiste na instalação de sinalização e sensorização para o controlo e atenuação da velocidade automóvel.

Aqui, o “Viseu Seguro” prevê aplicar 4 radares com semáforos tricolores para deteção de velocidade e acionamento de sinal vermelho e 4 painéis informativos luminosos da velocidade de circulação, nos troços da Avenida Eng. Nobre da Costa e da Avenida Cidade S. Filipe. Por outro lado, serão aplicados 12 sinais luminosos intermitentes, com LED solar, de proibição de excesso da velocidade máxima de 50 Km/h em diversos troços, assim como 4 sinais com velocidade máxima de 40 Km/h nas entradas do Túnel de Viriato.

O “Viseu Seguro” inclui ainda medidas de eficiência energética para a sinalização luminosa que vier a ser instalada. Todos os sinais e marcadores luminosos serão alimentados a energia solar.