Viseu será nova “casa” da Orquestra Filarmónica Portuguesa

 

Instituição abrirá portas à participação de músicos de Viseu com formação avançada. Oferta cultural e turística do concelho é reforçada

O Município de Viseu aprovou hoje, em reunião de Câmara, um acordo com a Orquestra Filarmónica Portuguesa para a radicação da sua sede e projeto de formação no concelho.

A celebração do acordo decorreu também hoje, nos Paços do Concelho, na presença do Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques, do Vereador da Cultura, Jorge Sobrado, e do Diretor e Maestro da Orquestra Filarmónica, Osvaldo Ferreira.

Com esta parceria de cooperação, o posicionamento e atração de Viseu enquanto polo cultural saem reforçados, assim como a oferta turística e cultural do concelho, que beneficiará dos espetáculos  e residências artísticas desta importante estrutura cultural nacional.

O objetivo desta parceria passa ainda por reforçar a formação de talentos e criação artística, em articulação com centros de ensino e formação já existentes, mas também promover oportunidades para a integração de jovens músicos de Viseu com formação avançada.

O antigo Edifício do Governo Civil de Viseu será a nova sede da Orquestra Filarmónica Portuguesa.