“Viseu Investe” Apoia Novo Investimento da GOUCAM

Indústria de vestuário sedeada em Viseu vai ter nova linha de corte e cria 20 novos postos de trabalho

O Município de Viseu e a GOUCAM – Gouveia & Campos celebraram esta terça-feira um contrato de investimento para a expansão da capacidade produtiva e exportadora da empresa em Viseu, através da instalação de uma nova linha de corte.

O investimento ascende a 2 milhões de euros e permitirá duplicar a capacidade atual da unidade de corte, criando 20 novos postos de trabalho.

O acordo realizado com o Município de Viseu, ao abrigo do programa “VISEU INVESTE”, garante à empresa um incentivo financeiro direto correspondente a 81% de todos os impostos e taxas municipais que venham a ser pagos, durante 3 anos.

No ato público de assinatura do contrato, o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, destacou que “as medidas de incentivo do VISEU INVESTE  estão a dar bons frutos. Foram já contratualizados 75 milhões de euros de investimentos privados no concelho, que apontam para a criação de mais de 700 postos de trabalho. Viseu quer atrair novos investimentos, mas quer consolidar e fidelizar os que cá estão. Estamos a tornar o concelho amigo do investimento e do emprego. Só assim podemos fixar população e criar mais qualidade de vida”.

O CEO da GOUCAM, José Carlos Castanheira, saudou “a atitude positiva” do Município. “A Câmara de Viseu tem hoje um sistema de apoio às empresas que é transparente e construtivo”, afirmou. “É um sistema inovador e único no país”, rematou.

No ato público, José Carlos Castanheira entregou os primeiros “prémios de natalidade”, no valor do Salário Mínimo Nacional, instituídos pelo grupo empresarial para todos os seus colaboradores que tenham tido filhos no último ano.

O Presidente da Câmara elogiou “o bom exemplo” da empresa. “É uma atitude positiva no incentivo à natalidade e na promoção da conciliação da vida familiar com a vida profissional”.

A GOUCAM é um grupo de empresas nacionais de vestuário e moda, sediado em Viseu, que emprega 379 pessoas, 254 das quais em Viseu.

O grupo exporta 98 por cento do seu volume de negócios, estimado anualmente em 11 milhões de euros. Com este novo investimento, a indústria fica capacitada para fornecer todas as fábricas do Grupo (Viseu, Castelo Branco e Arganil).