Viseu terá cabaz de Natal repleto de estreias e tradições para famílias e visitantes

* Exposição didática “Gigantes da Idade do Gelo” será grande atrativo da temporada. * Luísa Sobral está de regresso a Viseu para um concerto especial de Natal. * Iluminação traz a Viseu castelo tridimensional inédito em Portugal. * Freguesias conquistam luz e primeira “rota de presépios”.
* Grão Vasco dá a imagem a um “novo ciclo de aposta” na época.

A cidade-jardim já se prepara para vestir a rigor o Natal e encerrar com chave-de-ouro o “Ano Oficial para Visitar Viseu”.

Em 2017, o evento apresenta nome e imagem renovados – “Viseu Natal” – para afirmar “um novo e mais atrativo ciclo de aposta na época mais mágica”, referiu na apresentação o Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques.

A singular e misteriosa “Adoração dos Magos” de Grão Vasco dá a imagem ao evento em Viseu este ano, numa opção que valoriza o património cultural de Viseu e o imaginário cristão universal.

Viseu oferece em 2017 “um cabaz de Natal repleto de estreias e tradições renovadas, numa programação que elege famílias e visitantes como principais públicos”, justificou o Vereador da Cultura e Turismo, Jorge Sobrado.

Na agenda de propostas de eventos e experiências cruzam-se múltiplos cenários da natividade, histórias de encantamento para todos, “gigantes” de outras eras, brilhos e sonoridades mágicas, e sabores tradicionais. “Viseu estará mais atrativa do que nunca neste Natal, nos planos cultural, social e económico”, sublinhou Almeida Henriques.

Na sua primeira edição, o “Viseu Natal” propõe 38 dias de programação, em mais de 50 espaços e locais do concelho. Entre os dias 1 de dezembro e 7 de janeiro, a iniciativa conta mais de 100 espetáculos de música e teatro, 25 animações de rua, 14 exposições, mercados, galas e concertos de natal. Mas muito além dos números, um conjunto de “estrelas” especiais brilharão em Viseu nesta quadra.

É o caso da primeira grande exposição didática que se apresenta em Viseu, no Pavilhão Multiusos, especialmente pensada para os públicos familiares e juvenis. Concebida pela Between Planets e produzida pela Viseu Marca em parceria com o Município, a exposição “Gigantes da Idade do Gelo” promete a quem o visita uma viagem no tempo até à era mais fria da Terra.

A exposição instala-se em Viseu a partir do próximo dia 8 de dezembro, onde permanecerá até 7 de janeiro. Depois de Lisboa e Porto, é a primeira vez que a exposição chega à Região Centro do país.

Também no plano da iluminação comemorativa, Viseu apresenta uma nova paisagem e um novo cartão-de-visita. No Rossio, a praça central por excelência, a bola gigante dará lugar ao “Castelo de Fantasia”, que promete fazer sonhar miúdos e graúdos. Com 12 metros de altura, a instalação está pela primeira vez em Portugal, depois de estreada em França, na cidade de Nice.

É já amanhã que a cidade dá as boas-vindas à quadra natalícia com a ligação da iluminação, pelas 19 horas. Ao todo, cerca de 543 mil luzes e 340 peças decorativas de grande escala trarão mais brilho e encanto às praças, ruas, jardins, edifícios e avenidas da cidade. 26, no total. O investimento municipal ascende a 75 mil euros e resulta de um acordo de cooperação com a Associação Comercial do Distrito de Viseu para a dinamização e valorização do comércio local.

E se a luz e o brilho são ingredientes indissociáveis da quadra natalícia, também o são a música e as melodias da época.

Luísa Sobral será cabeça de cartaz, num concerto especial de Natal para toda a família. A autora e intérprete de “Xico” e “João” tem espetáculo agendado para a tarde do dia 16 de dezembro, pelas 15 horas, no Rossio. A entrada é livre.

Já o viseense Carlos Peninha “oferecerá” à cidade como presente de Natal o seu primeiro álbum, “Tocar o Chão”. O espetáculo de apresentação tem lugar no Viriato Teatro Municipal, a 21 de Dezembro.

A temporada natalícia conta também com a melhor “prata” da casa nos habituais concertos “Vozes Brancas” e de “Natal”, nos dias 16 e 17 de dezembro. Renova-se ainda o convite à Orquestra Filarmonia das Beiras que garante o concerto de Ano Novo e Reis, a 5 de janeiro, no Viriato Teatro Municipal, de cariz solidário.

Pela primeira vez, o desenho de iluminação estende-se a todas as freguesias do concelho, sem exceção. “Uma iniciativa justa de inclusão territorial”, assinalou o Presidente da Câmara. Um elemento decorativo alusivo ao Natal - a estrela - será instalado em Igrejas e espaços públicos de 33 localidades, perfazendo um verdadeiro “roteiro de luz”.

Em 2017, é também reforçada a aposta na agenda de eventos descentralizados de Natal, em todo o concelho. A par da iluminação das igrejas e da reedição do projeto “Cantando o Natal”, o Município de Viseu promove uma iniciativa inédita, nas 25 freguesias do concelho: a Rota dos Presépios de Viseu.

O objetivo, explica Jorge Sobrado, é “revitalizar tradições locais e incentivar dinâmicas culturais e criativas comunitárias”. Os presépios construídos serão expostos para visita em locais públicos das freguesias a partir do dia 2 de dezembro. No final, os melhores trabalhos serão também premiados por um júri.

Nesta edição, e já no centro da cidade, o Mercado 2 de Maio renova a sua vocação como “Mercado de Natal” e destino familiar por excelência. Tem abertura de portas marcada para sexta-feira feriado, 1 de Dezembro, pelas 15 horas. Dos gifts alternativos aos sabores da época, garantidos por 36 operadores económicos presentes, há um mix de experiências a não perder, incluindo o programa musical.

Na entrada principal pela Rua Formosa, a “Sagrada Família”, o presépio gigante da Bordallo Pinheiro, volta também a marcar o cenário natalício nas ruas de Viseu.

De regresso ao piso superior da praça histórica, a “Casinha dos Sonhos” reafirma-se como palco ideal para por à prova a criatividade dos petizes, com os diversos ateliês de expressão plástica, dança, ginástica ou escrita. Também aqui as histórias de “baú” ganham vida, pela música ou teatro, para entretenimento de toda a família.

A agenda temática para os mais pequenos oferece mais de 300 atividades em 20 espaços da cidade e prevê a participação de 15 mil meninos e meninas, entre visitas escolares e de caráter livre.

Também com o arranque marcado a 1 de Dezembro, está a terceira edição do Festival Literário de Viseu, “Tinto no Branco”, que abre ainda o salão de néctares do Dão do “Vinhos de Inverno”. 2017 promete trazer “a melhor edição de sempre”.

Na agenda solidária, destaque ainda para outras realizações como a Gala da APPACDM, a 15 de dezembro, o Mercado Solidário e a corrida e caminhada “Viseu XMAS Run”, ambas a 17 de dezembro.

No Rossio, o comboio turístico prepara-se para percorrer a cidade a todo o “vapor”. Durante esta altura do ano, as visitas guiadas têm um brilho especial com animação a bordo para todos. Com o cair da noite, há também a possibilidade de observar a iluminação que abrilhanta as ruas da cidade.

A Passagem de Ano reserva novas surpresas, que serão anunciadas após a abertura da programação de Natal. Certo é todavia a transferência das comemorações do centro histórico para o Campo de Viriato. “Um especial programa de Réveillon está a ser cuidadosamente preparado, com ganhos de capacidade de público e de segurança”, esclareceu Almeida Henriques.

Já em 2018, nas boas-vindas ao novo ano, cumpre-se a tradição dos cantares das “Janeiras”, no Mercado 2 de Maio, a 6 e 7 de janeiro, com diversos grupos, tunas e cantares tradicionais de Viseu.

A Associação Mutualista Montepio é o patrocinador oficial do “Viseu Natal”, com um apoio financeiro direto de 75 mil euros.

Programação de Natal (sujeita a alterações)