Obras da Coleção de Arte Contemporânea de Serralves Apresentadas em Viseu

"A Minha Casa é a Tua Casa" é o nome da exposição que inaugura no próximo sábado, dia 14 de outubro, na Quinta da Cruz.

O Museu de Arte Contemporânea de Serralves leva à cidade de Viseu a exposição “A Minha Casa é a Tua Casa”.

A mostra, produzida em parceria com a Câmara Municipal de Viseu, é inaugurada no próximo dia 14 de outubro às 17 horas na Quinta da Cruz. A inauguração conta com a presença da Presidente da Fundação de Serralves, Ana Pinho.

A exposição, que fica patente em Viseu até 4 de março de 2018, faz parte do intenso programa de exposições itinerantes que o Museu de Serralves desenvolve e que tem como grande objetivo tornar a Coleção de arte contemporânea de Serralves acessível para além das portas do Museu, permitindo assim o alargamento da rede de acesso e de aproximação das populações à arte e à cultura.

O título desta exposição corresponde à expressão com que asseguramos a alguém que a nossa hospitalidade é sincera: “A Minha Casa é a Tua Casa”; também institui a casa enquanto centro das relações entre as pessoas - dialética que pode sintetizar a dinâmica entre artista e espectadores: as casas imaginadas por artistas serão temporariamente a nossa casa.

Os artistas e as obras presentes na exposição, todas pertencentes à Coleção de Serralves, colocam o doméstico e o quotidiano no centro das suas preocupações e propõem diferentes interpretações daquilo que se entende por casa. Para alguns ela é abrigo, lugar protetor de espera, evocador de estados e sentimentos como a solidão e a melancolia; para outros é o local ideal para identificar e falar de neuroses, de repressões; para outros ainda é símbolo da condição feminina e portanto cenário e objeto das mais ferozes críticas ao papel tradicional da mulher.

Artistas representados:
Helena Almeida, Christian Boltanski, Filipa César, Pedro Cabrita Reis, Gil Heitor Cortesão, Tony Cragg, Hans-Peter Feldmann, Ângela Ferreira, Fernanda Fragateiro, Gordon Matta-Clark, Juan Muñoz, Bruce Nauman, Luís Palma, Pipilotti Rist, Martha Rosler, Edward Ruscha, Ana Vieira

Produção:
Fundação de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto

Local:
Quinta da Cruz Rua São Salvador