Município de Viseu aprova investimento de 1,5 milhões de euros em obras nas freguesias

 

A Câmara Municipal de Viseu aprovou hoje, em reunião de executivo, um conjunto de obras de proximidade nas freguesias do concelho, nomeadamente de pavimentação de acessos viários e da extensão da rede de água e saneamento básico. O pacote de investimento é de cerca de 1,5 milhões de euros.

Deste universo de projetos agora viabilizados fazem parte a adjudicação da empreitada de saneamento básico na localidade de Póvoa de Bodiosa, na Freguesia de Bodiosa. A obra contempla a construção de 7,1 quilómetros da rede de saneamento básico, mas também da rede pública de água. O investimento representa um valor de 600 mil euros.

Esta é uma das 11 empreitadas a executar pela Águas de Viseu, no âmbito da extensão da rede de água e saneamento em nove freguesias do concelho. No terreno, foram já lançadas as intervenções em São Pedro de France e Santos-Êvos.

Na reunião desta manhã, foi ainda aprovada a abertura do concurso público para a execução de novas condutas no reservatório de abastecimento de água de Vale de Fachas, na Freguesia de Rio de Loba, numa extensão de 5,5 quilómetros. O investimento nesta obra é de 228 mil euros.

Para além destes investimentos, foram ainda assumidos compromissos no lançamento das obras de pavimentação de estradas nas Freguesias de Abraveses, Campo, Lordosa, Ribafeita e Rio de Loba, no valor de 334 mil euros. Este conjunto de intervenções hoje aprovadas integra uma empreitada contínua de pavimentação que será executada até ao final do verão e abrangerá todas as freguesias do concelho. O investimento global rondará o milhão de euros.

Outro domínio expressivo neste conjunto de investimentos diz respeito à aprovação de contratos-programa nas Freguesias de Rio de Loba e Viseu. Será assim alvo de alargamento e pavimentação a rua das Lages, na Póvoa de Sobrinhos, com um investimento no valor de 158 mil euros.

Também o largo do Chafariz, em Santiago, será requalificado. A intervenção neste espaço público contempla a sua pavimentação em cubo de granito e a instalação de iluminação pública, para além da reabilitação do próprio chafariz local. A obra contabiliza um investimento de 161 mil euros.