PROJETO InnovaSUMP: Innovations in Sustainable Urban Mobility Plans for low-carbon urban transport

Financiado pelo INTERREG EUROPE, o InnovaSUMP é um projeto de cooperação inter-regional que visa o desenvolvimento de planos estratégicos e boas práticas de mobilidade sustentável e a acessibilidade urbanas. O Município de Viseu é um dos nove parceiros envolvidos.

 

O PROJETO

A mobilidade sustentável e a acessibilidade têm sido prioridades das regiões e das cidades europeias ao longo das últimas duas décadas, com o apoio dos fundos estruturais e de iniciativas políticas da UE. A Comissão Europeia está a trabalhar no sentido de melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e fortalecer a economia através da promoção da mobilidade urbana sustentável, o aumento da utilização de combustíveis limpos e de veículos mais eficientes em termos de energia. Novos desafios políticos têm surgido nos últimos anos, como a economia de baixo carbono, políticas energéticas, legislação da qualidade do ar e o combate aos congestionamentos. O objetivo agora é melhorar a mobilidade, enquanto se reduz os congestionamentos, os acidentes e a poluição (baixo carbono) nas cidades europeias.

Neste contexto, o município de Nicósia (CY), que já detém um Plano Urbano de Mobilidade Sustentável (SUMP), procurou criar um projeto de cooperação inter-regional dedicado à melhoria das condições de transporte, através da integração de um processo de planeamento sustentável de baixo carbono. Este projeto, a que foi dado o nome de “InnovaSUMP – Innovations in Sustainable Urban Mobility Plans for low-carbon urban transport”, agrega nove parceiros: Nicosia Municipality (NM), Cyprus; City of Prague (CP), Czech Republic; Devon County Council (DCC), UK; Municipality of Ravenna (MR), Italy; Municipality of Kordelio – Evosmos (MKE), Greece; Municipality of Viseu (MV), Portugal; Municipal Enterprise ‘Connection Servises’ Vilnius (CSV), Lithuania; Municipality of Iasi (MI), Romania; Aristotle University of Thessaloniki Special Account for Research Funds (AUTh), Greece.

Os nove parceiros identificados assinaram um acordo de parceria, no sentido de colaborarem em termos da partilha de soluções, da definição de prioridades integradas, através do estabelecimento de objetivos comuns, da identificação das melhores práticas, aproveitando os resultados já existentes, bem como a da elaboração de um plano de trabalho para a troca de experiências e atividades inter-regionais.

OBJETIVOS DO PROJETO

a) Introduzir inovações, melhorias e avanços na preparação, elaboração, consulta, adoção, implementação, avaliação e monitoramento dos Planos Urbanos de Mobilidade Sustentável (SUMP), contribuindo para a mobilidade urbana sustentável e de baixo carbono;

b) Criar políticas e medidas que promovam o uso e os investimentos em soluções de mobilidade sustentável, tais como: sistemas de transportes públicos de alta qualidade, combustíveis alternativos, veículos elétricos, bilhética inteligente, logística urbana, promoção do uso das bicicletas e das caminhadas, novas formas de utilização do automóvel (partilha de carro e boleias), evitar congestionamentos, utilização das TIC e aplicações móveis para os viajantes, participação do público, procedimentos de consulta, etc.

c) Criar políticas que permitam avanços na execução e financiamento de soluções inovadoras de mobilidade sustentável;

d) Que os SUMP, como processo inovador, contribuam para: a regeneração urbana, a inclusão social, a economia, a competitividade, o empoderamento da sociedade e dos cidadãos e a coesão.

e) Introduzir melhorias na metodologia de elaboração dos SUMP, através da promoção do baixo carbono, soluções de mobilidade, investigação dos comportamentos de viagem, integração de preços e medidas de financiamento, utilização de aplicações e das TIC, entre outros.