Câmara Municipal de Viseu “poupa” 21 milhões para honrar compromissos e investir na coesão local

Reabilitação dos pavilhões desportivos “Cidade de Viseu” e da Escola Secundária Viriato avança em 2014, garantiu Almeida Henriques
O Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, garantiu hoje em reunião de Câmara Municipal a aprovação de um reforço orçamental para 2014 na ordem dos 10 milhões de euros.
Este reforço resulta do saldo apurado na execução orçamental de 2013, na ordem dos 21 milhões de euros.
Almeida Henriques destacou que metade deste valor será canalizado para o cumprimento de compromissos financeiros do Município e a restante parte para algumas das apostas do Programa “Viseu Primeiro 2013/2017”, “com particular impacto no investimento, desenvolvimento económico e coesão local”.
Entre essas apostas, contam-se a transferência de meios para o desenvolvimento local através das freguesias (que ascende a 3 milhões de euros), a regeneração urbana (com mais 500 mil euros), a revitalização do Centro Histórico (com mais 200 mil euros para arranque da intervenção na Casa da Calçada), a reabilitação de pontos críticos na rede viária e na execução do PDM (com cerca de 1,5 milhões de euros) e a regeneração de equipamentos desportivos municipais (com cerca de 520 mil euros), como o futuro Pavilhão “Cidade de Viseu” (INATEL) e o pavilhão desportivo da Escola Secundária Viriato.
Nas palavras do Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, “este reforço orçamental é uma boa notícia para os viseenses. Certifica a saúde financeira do Município, mas sobretudo permite honrar compromissos contratuais, responder à urgência de situações críticas e dar mais fôlego à execução da nossa estratégia de desenvolvimento.”
No cômputo deste reforço orçamental, foi também considerado o aumento da dotação do Orçamento Participativo para 2014 (de 50 para 75 mil euros), que será lançado ainda no primeiro semestre, e uma disponibilidade de 100 mil euros para investimento na qualificação do Aeródromo Municipal. “São sinais importantes: um para a comunidade, outro para os investidores”, sublinhou Almeida Henriques.
A Câmara Municipal de Viseu aprovou também nesta sessão o apoio a 9 famílias carenciadas do concelho, através da elaboração de projetos de reabilitação de habitações e da atribuição de subsídios para obras no valor de 22 mil euros.
O Presidente da Câmara Municipal anunciou também a aprovação da Câmara do acordo negociado com a organização da Volta a Portugal em Bicicleta, que prevê um patrocínio do Município na ordem dos 325 mil euros (acrescido de IVA) ao evento e a sua passagem no concelho de Viseu nas edições de 2014 e 2015.
Almeida Henriques salientou que “este é um evento de grande impacto nacional e de grande cobertura mediática que ajuda a promover Viseu como destino turístico e de investimento. Este é um investimento racional, positivo e com grande retorno.”