Formulários

Município de Viseu inaugura investimentos de quase 160 mil euros em Orgens

Em Orgens, o Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques, inaugurou duas empreitadas cujo investimento ronda os 160 mil euros. Amas as intervenções têm resultados imediatos na melhoria da qualidade de vida das famílias e da população daquela Freguesia.

Na Rua da Bossaqueira e Fonte Pipa e na Rua e Largo do Toqueiro em São Martinho, que até agora eram em piso térreo e irregular, foram levadas a cabo obras de movimentos de terra, muros de vedação e pavimentação. A empreitada previu a vedação da poça no Largo do Toqueiro e ainda a execução de valetas espraiadas e caixas de derivação no regadio, com vista a melhorar o sistema de drenagem de esgotos e de abastecimento de água.

Esta obra contemplou ainda a implementação de sinais de trânsito verticais e pintura horizontal, para que o trânsito possa circular com a devida orientação e segurança.

O Município continua assim a apostar nos investimentos nas freguesias, essenciais para garantir qualidade de vida a todos os cidadãos do concelho por igual e investir na coesão do território. Almeida Henriques salientou a importância desta obra pela sua dimensão, mas principalmente por servir uma população que esperava por esta resposta tanto para fruição daquele local público, como para acesso às suas habitações. O autarca salientou o facto de muita daquela população “fazer uso daquelas ruas para chegar aos terrenos agrícolas, a principal atividade económica de muitos, e de a partir de agora o poderem fazer de forma mais cómoda”.

Ainda na Freguesia de Orgens, acompanhado do Vereador com o Pelouro das Freguesias, João Paulo Gouveia, e do Presidente da Junta de Freguesia, Mauro Esteves, Almeida Henriques inaugurou mais um Parque Gerações Ativas, robustecendo a rede que está a ser criada no Município. “A atividade física e a garantia de que todos os cidadãos a podem praticar nas suas Freguesias é um dos desígnios que quero ver cumpridos”, referiu o autarca, salientando ainda a proximidade daquele parque à Ecopista e a sua inclusão no circuito de treino.

Viseu promove reutilização de Livros Escolares

O Município de Viseu passou a integrar a rede do Programa SPIN, uma plataforma de reutilização de manuais escolares digital e intermunicipal. Desenvolvido em parceria com a Book in Loop, o Programa SPIN Viseu surge assim como uma ferramenta ao dispor de todos de forma a garantir que todas as famílias têm acesso a manuais escolares por 20% do valor que pagariam.

Almeida Henriques, Presidente da Câmara de Viseu, salientou a vantagem deste projeto, tanto no que concerne à sustentabilidade financeira das famílias, como também no que diz respeito à sustentabilidade ambiental, promovendo a economia circular.

Para aderir ao projeto, basta entregar os manuais, válidos e em bom estado, ao programa SPIN, recuperando depois até 20% do valor de cada manual. Além deste processo, é ainda possível adquirir os manuais para o próximo ano letivo com 60% de desconto.

Na apresentação do programa às Escolas, Juntas de Freguesia e Associações de Pais, a Vereadora com o pelouro da Educação, Cristina Brasete, indicou a disponibilidade do Gabinete de Educação em colaborar com todas as famílias que tenham interesse em candidatar-se. O procedimento de candidatura é o seguinte:

1- Entrega dos Manuais Usados:
    Depois de criada a conta, o munícipe deve registar os manuais que pretende entregar, podendo fazê-lo através de duas formas:
    a. Website spinViseu.pt: na sua conta SPIN, basta escrever o número ISBN do manual para registar o livro. Automaticamente, o sistema devolverá a informação sobre o manual em causa.
     b. App Smartphone: com a aplicação do Programa SPIN, basta apontar a câmara do telemóvel para o código de barras do livro e, automaticamente, o livro fica registado.

Reserva dos Manuais para o próximo ano:
    Também na sua conta, o munícipe pode reservar os manuais para o ano letivo seguinte. Basta, para isso, escolher a escola e o ano letivo de cada um dos               alunos. Automaticamente, a sistema apresenta a lista dos manuais que serão adotados pela escola, podendo selecionar aqueles que pretende receber.

2- Depois de registada a compra, o sistema emite uma Guia. Os manuais devem ser assim entregues num dos pontos de recolha do programa, numa caixa e acompanhados com a Guia.

3- Finalizadas as recolhas, todos os manuais seguem para o centro logístico. Aqui, todos os manuais passam pelo processo de controlo de qualidade, certificado pedagogicamente pela Universidade de Aveiro. Este processo garante que apenas os livros em bom estado e que não comprometem a qualidade de aprendizagem, encontram um novo dono.

Em Viseu, além do Gabinete de Educação (antigo Governo Civil) e da Junta de Freguesia de Viseu, os manuais podem ser depositados nas seguintes escolas:

• Escola Básica Dr. Azeredo Perdigão
• EB 2/3 D. Duarte, Vil de Soito
• Escola Básica Grão Vasco
• Escola Básica Infante D. Henriques, Repeses
• EB 2/3 D. Luís Loureiro
• Escola Básica de Mundão
• Escola Básica do Viso
• Escola Secundária Alves Martins
• Escola Secundária de Viriato
• Escola Secundária Emídio Navarro
• Colégio Via Sacra
• Colégio Imaculada Conceição
• Escola Básica Integrada Jean Piaget – NUCLISOL

Os manuais devem ser entregues até dia 27 de Julho e os manuais do próximo ano letivo devem ser reservados até dia 3 de agosto.

Últimas inscrições para voluntariado no EUROPEADE Viseu 2018

Prazo de inscrição termina este domingo, dia 17 de junho.

A participação como voluntário no Festival de Folclore Europeade é ainda possível a todos os interessados. As inscrições permanecem abertas até domingo, dia 17 de junho, no site do evento, em http://europeadeviseu.pt/voluntariado/.

Os voluntários poderão colaborar em várias áreas, nomeadamente em serviços de secretariado, preparação de espaços, acolhimento, alojamento, alimentação, transportes, programação e animação. Durante cinco dias, estes terão a oportunidade de fazer parte da maior manifestação europeia de cultura tradicional popular, que conta com mais de 5000 participantes, provenientes de mais de 20 países.

A organização garante a todos os voluntários formação específica de acordo com a área atribuída, assim como alimentação, seguro, certificado de participação, pulseira de acesso e credencial. Aos voluntários provenientes de locais fora do concelho de Viseu será também atribuída estadia.

A 55ª edição do Festival Europeade realiza-se de 25 a 29 de julho, em Viseu.

Município de Viseu melhora a sua situação económica e patrimonial e lança novos investimentos nas freguesias

Foram ontem aprovadas as contas consolidadas do Município de Viseu, cujo perímetro incluí, além da Câmara Municipal, os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Viseu, a Habisolvis, a Viseu Novo SRU, a Viseu Marca e, ainda, pela ViseuPolis.

O balanço consolidado do Grupo Municipal, no ano de 2017, apresenta um total de ativo líquido superior a 412 milhões de euros. À semelhança do ocorrido em exercícios anteriores, o ativo volta a ser essencialmente constituído por imobilizado, que ao alcançar os 351 milhões de euros traduziu 85% do balanço.

Em comparação com o ano de 2016, o ativo registou um crescimento de sensivelmente 11 milhões de euros.

No que respeita aos fundos próprios e ao passivo consolidado, registou-se um incremento de 15,1 milhões de euros nos fundos próprios e uma diminuição do passivo no montante de 4,2 milhões de euros.

O Município de Viseu e o SMAS foram as empresas que mais contribuíram para o lucro consolidado do Grupo, sendo por isso as que somaram um peso mais elevado na estrutura dos proveitos e ganhos e dos custos e perdas, representando 99% e 97%, respetivamente.

A prestação de contas consolidadas do Grupo Municipal demonstra uma vez mais resultados positivos, traduzidos num aumento do ativo e do património líquido consolidado, reflexo da estabilidade e robustez que caraterizam a situação económica e financeira do Grupo.  

Na reunião que juntou o Executivo Municipal, adjudicaram-se ainda obras importantes para a qualidade de vida dos viseenses. Além da adjudicação da obra do interface do Hospital de Viseu, de cerca de 320 mil euros, foi também aprovada a celebração do contrato que permitirá a execução da obra de remodelação das redes de água, esgotos e águas pluviais na rua Nova de Jugueiros, no valor de 180 mil euros.

Os investimentos nas freguesias foram robustecidos com a aprovação do protocolo de delegação de competências para a 3ª e 4ª fases de requalificação da Rua das Pedrinhas, Rua da Travessa Nª Srª do Castro e ruas adjacentes, em Pascoal, que representa um investimento municipal superior a 91 mil euros.  Um novo investimento foi igualmente aprovado para a Freguesia de São Pedro France que verá requalificada a Rua da Eira e a Rua Nova em Casal de Esporão, numa intervenção que ultrapassará os 80 mil euros.

Obra de requalificação do campo de Futebol de 5, no Fontelo, é inaugurada domingo

Este domingo, 17 de junho, pelas 11 horas, o Presidente da Câmara, Almeida Henriques, e a Vereadora com o pelouro do Desporto, Cristina Brasete, inauguram a requalificação do relvado sintético do Campo de Futebol de 5, no Parque Desportivo do Fontelo.

Um investimento municipal de aproximadamente 27 mil euros, que visa a melhoria das condições de um equipamento vocacionado para os escalões de formação dos clubes locais e para a prática desportiva informal.

Com esta inauguração, o Município completa assim um ciclo destinado à requalificação dos relvados sintéticos do Complexo Desportivo do Fontelo, que contemplou ainda intervenções nos Campos de Ténis, Campo 1º de Maio e Campo de Futebol de 7.

Na mesma manhã, Almeida Henriques irá fazer, pelas 10H15, uma visita ao programa ‘Manhãs Ativas’, que está a decorrer no Parque Urbano de Santiago até ao dia 28 de outubro, e cujo programa pode ser consultado na página de Facebook Viseu Ativo.

 

Município de Viseu reforça dispositivos de Proteção Civil nas freguesias rurais

No âmbito do programa VISEU RURAL, o Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques, assinou com 15 Freguesias do concelho protocolos que garantem a distribuição de equipamentos como tratores, alfaias, kits florestais e de apoio no combate a incêndios, reforçando assim os dispositivos de proteção civil nas freguesias rurais. 

Calde, Lordosa, São Cipriano e Vil de Souto, Barreiros Cepões, Boa Aldeia, Farminhão e Torredeita, São João de Lourosa, Abraveses, Bodiosa, Cavernães, Côta, Orgens, Povolide, Ribafeita, Santos-Êvos, Faíl e Vila Chã de Sá foram as Freguesias que celebraram com o Município estes protocolos. 

Os protocolos assinados ultrapassam os 500 mil euros e garantem que estas Juntas de Freguesia continuam a colaborar com o Município na execução das Redes de Faixas de Gestão de Combustível. 

Almeida Henriques voltou a assegurar aos Presidentes de Junta que, “mais uma vez, tudo o que está ao alcance do município está a ser feito no sentido de assegurar a segurança das nossas populações. E, à semelhança do que aconteceu sempre, o primeiro agente de Proteção Civil em cada freguesia será aquele que foi democraticamente eleito, o Presidente de Junta”. 

O meio milhão de euros que o Município transfere às Freguesias resulta também numa transferência e coordenação de competências uma vez que, tal como já havia sido anunciado, as Juntas detentoras deste tipo de material ficam obrigadas a disponibilizá-lo sempre que o Serviço Municipal de Proteção Civil assim o solicitar.

Festa das Freguesias de Viseu arranca amanhã com música, artesanato e sabores

Esculturas “Guardiãs da Vinha e do Vinho”, de Paulo Neves e Vanessa Chrystie, são reveladas pelas 17H30, nos Paços do Concelho 

É já amanhã, dia 15 de junho, pelas 18 horas, que o Parque Aquilino Ribeiro abre “portas” à Festa das Freguesias, o evento que marca o arranque do cartaz das Festas Populares de Viseu. Antes, contudo, e no âmbito desta programação, terá também lugar a apresentação pública, nos Paços do Concelho, das “Guardiãs da Vinha e do Vinho”, duas esculturas de Paulo Neves e Vanessa Chrystie, que homenageiam a cidade vinhateira. Será pelas 17H30. 

Durante três dias, o “pulmão” verde da cidade veste-se a rigor e recebe as 25 Freguesias do concelho, que trazem até ao centro o melhor das tradições populares e da sua identidade, através de um programa cultural, musical e gastronómico pensado para viseenses, visitantes e turistas. 

Uma parada de bombos, pelos Zés Pereiras da Associação de Nogueira de Côta e pelos “Pauliteiritos de Abraveses”, fará as honras de abertura do evento. Segue-se uma visita a cada uma das Freguesias representadas, acompanhada pela música tradicional da Tuna “Sabores da Música”, da Confraria de Saberes e Sabores da Beira “Grão Vasco”, e do Grupo de Cantares da ASSOREB de Rebordinho. O grupo “Chinfrim” integrará também este momento de musical. 

A noite reserva o palco principal aos sons e cantares da terra, com um programa de atuações de vários grupos e ranchos folclóricos do concelho, a partir das 21 horas. 

No âmbito do Campeonato do Mundo de Futebol, o Município de Viseu instalará no Parque um ecrã para a transmissão do jogo Portugal – Espanha, com início pelas 19 horas desta sexta-feira. 

Até domingo, a par da mostra etnográfica, a gastronomia ganha especial destaque, não só nos produtos que cada Freguesia traz à “prova”, mas também no concurso “Sabores & Aromas Tradicionais”. Na tarde de sábado, a partir das 16H30, as iguarias típicas do concelho serão “rainhas” à mesa, numa prova que elege os melhores petiscos doces, salgados e vegan.  O júri conta com a presença do Chef Luís Almeida, à frente do restaurante Palace e do Bistrô “Q.B.”. 

A música garante presença permanente, em atuações de grupos etnográficos e de folclore, havendo ainda espaço para um workshop de dança tradicional, na manhã de sábado. 

Do Parque ao Rossio, a agenda do fim-de-semana traz ainda à rua o desfile das Marchas dos Santos Populares, na noite de sábado, a partir das 21H30, com a participação de 700 marchantes, de 8 grupos. Já no domingo, dia 17, pelas 15 horas, são as Cavalhadas de Teivas que desfilam pelo centro da cidade, num corso que conta com a tradicional “Dança da Morgadinha”. 

As Festas Populares de Viseu prolongam-se até ao próximo fim-de-semana, com as Cavalhadas de Vildmoinhos a encerrar com chave de ouro o cartaz, pelas 9 horas de domingo, 24 de junho. 

A programação completa pode ser consultada em www.visitviseu.pt.

Município de Viseu inaugurou parques infantil e “gerações ativas” em Calde

 

As crianças e os seniores da Freguesia de Calde têm agora à sua disposição um Parque Infantil e um Parque “Gerações Ativas”. O Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques, inaugurou já esta obra, cujo investimento é de cerca de 50 mil euros, momento no qual alertou para a importância das atividades intergeracionais. 

Almeida Henriques lembrou, antes de uma turma da Atividade Sénior estrear o espaço, que “a complementaridade entre estes dois dispositivos é essencial. Inaugurá-los foi mais um passo dado no nosso objetivo de ter estes equipamentos disponíveis em todas as freguesias do município”. 

Perante o cumprimento de mais um compromisso, tanto o Vereador com o pelouro das Freguesias, João Paulo Gouveia, como o Presidente da Junta de Calde, José Fernandes, puseram a tónica na importância que têm estes investimentos, particularmente nos territórios mais afastados da cidade e de menor densidade populacional, na fruição dos tempos livres; assim como no contributo que este tipo de instalações têm para a saúde e bem-estar, em especial num ano em que Viseu assume a atividade física como desígnio principal para estas duas gerações. 

“Viseu é um município amigo das famílias num todo e não apenas de uma só geração. Só assim se consegue evitar o êxodo de freguesias mais rurais, como é o caso de Calde. As nossas políticas são sempre numa ótica de captação de famílias. Não é por acaso que hoje está aqui uma turma da Atividade Sénior e que alguns utentes vêm acompanhados dos netos. Este Parque é exatamente para que este saudável convívio e troca de aprendizagens possa acontecer”, acrescentou Almeida Henriques.