Município de Viseu promove controlo de pragas através da largada de insetos

Decorreu ontem, em Vil de Souto (junto à Rua do Parque Desportivo), uma das 14 ações de largada do inseto “Torymus sinensis”, o inseto predador da “vespa-das-galhas-do-castanheiro”. A ação contou com a presença da Vereadora com o Pelouro do Ambiente, Conceição Azevedo.

Na Primavera, a “vespa-das-galhas-do-castanheiro” (Dryocosmus Kuriphilus Yasumatsu) hiberna nos gomos dos castanheiros, induzindo a formação de galhas nos gomos e folhas, durante o abrolhamento. A presença deste inseto reduz o crescimento da folha, tendo como consequência direta a diminuição da produção e qualidade da castanha, podendo até provocar o declínio das árvores infestadas.

A autarquia faz assim o controlo da praga sem recorrer a produtos fitofarmacêuticos, apostando em boas práticas ambientais. Não sendo estas largadas um processo erradicante, constituem uma medida para tentar controlar a dispersão e população de uma espécie alienígena ao nosso ecossistema.

A  “vespa-das-galhas-do-castanheiro” é originária da China e foi detetada na Europa em 2002, tendo chegado a Portugal em 2014. Só em 2015 atingiu o distrito de Viseu, e a partir daí tornou-se comum encontrá-la no concelho. Sendo atualmente considerada uma das pragas mais prejudiciais para os castanheiros em todo o mundo, esta constitui ainda uma séria ameaça à sustentabilidade dos soutos e castinçais.