Obras de ampliação da Biblioteca Municipal vão para o terreno 

Investimento ascende a 264 mil euros e permitirá duplicar capacidade de utilização pública do equipamento

O Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, celebrou hoje, terça-feira, 4 de julho, a consignação da obra de ampliação e requalificação da Biblioteca Municipal D. Miguel da Silva, em Viseu. O investimento nesta obra ascende a 264 mil euros e decorrerá ao longo de cerca de 4 meses.

No ano em que celebra 15 anos de existência ao serviço da comunidade, o equipamento vai duplicar a sua capacidade de utilização pública, através da construção de uma nova sala de leitura, no terraço do edifício, com uma área de 240 metros quadrados.

“Este investimento reveste-se de um carácter muito simbólico no ano da comemoração do 15º aniversário da Biblioteca”, salienta o Presidente da Câmara, Almeida Henriques. “A nova sala de leitura trará mais e melhores condições de acolhimento e conforto face à procura crescente do público da biblioteca”, conclui.

Com esta intervenção, a capacidade da atual sala de leitura crescerá de 72 postos disponíveis para um número que pode atingir os 160 lugares, contabilizando ainda 6 novos lugares para os utilizadores que pretendem usufruir da leitura ao ar livre.

A empreitada contempla também outras melhorias no edificado, nomeadamente ao nível do seu isolamento e comportamento térmico, com vista a solucionar algumas infiltrações estruturais.

Inaugurada em 2002, a Biblioteca Municipal resultou de um projeto coordenado pelo Arq.º Manuel Tainha, com o apoio do Instituto Português do Livro e das Bibliotecas. O nome do equipamento presta homenagem a um dos heróis da história da cidade, D. Miguel da Silva, Bispo de Viseu, mecenas de Vasco Fernandes e proeminente intelectual humanista na Europa do Renascimento.