Viseu dedicada esta semana ao Ambiente

Green Week 2019 decorre ao longo de cinco dias e conta com conferências, ações de sensibilização e atividades desportivas e culturais 

O Município de Viseu dedica esta semana ao Ambiente, com a realização da Green Week 2019. Até 17 de maio, vários espaços da cidade serão palco de inúmeras atividades, desde conferências a ações de sensibilização, passando por atividades desportivas e culturais.

“Este é o uma temática que nos é muito cara. Em matéria ambiental, temos caminhado em diversas frentes e os resultados começam a aparecer, seja com a ETAR de última geração na qual investimos 40 milhões de euros, no projeto Viseu Recicla ou na reconversão do coberto vegetal”, refere o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques.

Já para a Vereadora do Ambiente, Conceição Azevedo, a realização da Green Week Viseu tem por objetivo “envolver toda a comunidade através de um conjunto de atividades”. “É uma iniciativa de sensibilização e consciencialização para a sustentabilidade ambiental”, sintetiza.

A Green Week Viseu 2019 teve a sessão de abertura agendada para esta segunda-feira, pelas 9h15, na Aula Magna do Instituto Politécnico de Viseu, na qual marcaram presença o Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques, e a Vereadora do Ambiente, Conceição Azevedo, além de representantes de diversas entidades como a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Instituto Politécnico de Viseu, Fundo Ambiental, Agência Portuguesa do Ambiente e Quercus.

Contou ainda com oradores estrangeiros como Fernando Rodriguez Alonso, vereador do Ajuntamiento de Salamanca, e Joan Prummel, Conselheiro Estratégico de Economia Circular.

A sustentabilidade das cidades e as políticas de baixo carbono, a apresentação dos projetos Cidades Verdes Cencyl+ e VIAS, a necessidade de uma legislação europeia próxima dos cidadãos e o trabalho conjunto na Economia Circular são algumas das matérias que vão ser debatidas ao longo da semana.

Subordinada à temática “Proximidade da legislação ambiental com os cidadãos”, o evento é cofinanciado pelo Interreg/POCTEP e enquadrado nas atividades do Projeto Cidades CENCYL+ (Interreg/POCTEP).