Podas de Árvores do Concelho

A existência de espaços verdes no meio ambiente urbano contribui para o bem-estar e sustentabilidade de uma cidade. As árvores compõem o espaço, tornando-o mais aprazível, amenizando a deslocação de peões e automobilistas, melhorando as condições de vida. No entanto, atendendo à sua localização em meio urbano, estão sujeitas a constantes fatores de stress, diminuindo a sua performance como elementos primordiais da sustentabilidade natural num ambiente artificial.

O Município de Viseu, ciente da importância da árvore no meio urbano, tem ao longo dos últimos anos adotado boas práticas de manutenção do parque arbóreo público, tendo sido inclusivamente distinguido com o prémio “Floresta Urbana Sustentável” pela QUERCUS.

Uma árvore enquadrada num meio adequado, sem restrições para a sua expansão subterrânea e aérea, e que não apresente sinais de declínio ou ataque de parasitas, não tem necessidade de ser podada.  Já no meio urbano, as árvores requerem uma poda cuidada que assegure a sua integridade estrutural e fitossanitária.

As podas, originalmente utilizadas em agricultura, destinavam-se a promover a produção de fruta. No meio urbano, podas de redução drástica de copa irão provocar respostas extremas por parte das árvores, com a emissão de muitos ramos, muitas folhas de maior dimensão e maior desenvolvimento radicular, numa tentativa de repor a capacidade produtiva. Os novos ramos são sempre mais frágeis, as suas inserções nas pernadas são mais superficiais e o peso suspenso apoia-se mais longe do centro da árvore, tornando-os mais quebradiços e inseguros. Árvores assim podadas têm uma menor esperança de vida, ficam com danos irreversíveis, colocando em causa a segurança pública.

Apesar das podas decorrerem habitualmente nos meses de inverno, podem, no entanto, ser realizadas noutras épocas do ano, de acordo com a espécie arbórea e o tipo de poda a efetuar. Considerando-se uma atividade esporádica e não rotineira, nem todas as árvores são podadas anualmente, dependendo a periodicidade da espécie e localização.

Porque podamos as árvores da floresta urbana?

- Para estruturar as árvores, tornando-as mais resilientes às condições meteorológicas adversas;

- Para manter uma cobertura vegetal otimizada na produção de oxigénio, retenção de partículas, infiltração de água e amenização de temperaturas extremas;

- Para permitir a correta circulação pedonal e rodoviária;

- Para salvaguarda da segurança pública;

- Para permitir a coexistência com infraestruturas.

Clique AQUI  e saiba mais acerca do tipo de podas existentes.

 

Em 2019/2020, o Município de Viseu irá proceder à poda de cerca de 12 mil árvores da floresta urbana entre novembro de 2019 e março de 2020, pelo que apelamos à melhor compreensão e colaboração de todos os munícipes para a realização dos trabalhos em segurança.

Consulte abaixo a listagem de árvores que irão ser alvo de podas no concelho.

» Freguesias 

» Lotes