CAPÍTULO 9

Principais critérios técnicos para a Reabilitação de Edifícios

 

 

 

ÍNDICE DE CAPÍTULO

 

9.1 | Medidas técnicas anteriores ou preliminares à execução das obras de reabilitação

9.1.1 | Aspectos de ordem geral

9.1.2 | Nos restantes elementos principais

9.1.3 | Outros trabalhos preparatórios

9.2 | Reabilitação dos espaços dos edifícios

9.2.1 | Princípios gerais orientadores da reabilitação dos espaços

9.2.2 | Reconversão funcional dos edifícios e dos seus espaços

9.2.3 | Reconversão ou transformação dos espaços mantendo as funções residenciais

9.3 | Reabilitação – Reparação e Reforço Estrutural

9.3.1 | Considerações Gerais para a Reabilitação de Estruturas Antigas

9.3.2 | Reabilitação Estrutural das Fundações (considerações)

9.3.3 | Reabilitação Estrutural de Paredes Resistentes: Alvenaria e Madeira

9.3.3.1 | Acções para manutenção, conservação e protecção das paredes de alvenaria “boas”

9.3.3.2 | Técnicas para reparação e consolidação das paredes de alvenaria “médias”

9.3.3.3 | Técnicas para reforço e confinamento de paredes “sofríveis”

9.3.3.4 | Técnicas para reparação e reforço de paredes resistentes em madeira

9.3.4 | Reabilitação Estrutural de Estruturas de Madeira: Pavimentos e Coberturas

9.3.4.1 | Acções preventivas de manutenção, protecção e conservação das peças de madeira

9.3.4.2 | Técnicas para reparação, substituição e reconstituição das estruturas de madeira

9.3.5 | Reabilitação Estrutural das Ligações – Interacção entre Elementos/Componentes

9.3.5.1 | Ligações Paredes – Paredes (transversais)

9.3.5.2 | Ligações Paredes – Pavimentos

9.3.5.3 | Ligações Paredes Exteriores – Coberturas

9.4 | Melhoria das condições gerais de segurança contra incêndio

9.4.1 | Medidas com o objectivo de reduzir o risco de deflagração de incêndio

9.4.2 | Medidas para evitar o desenvolvimento e propagação do incêndio

9.4.3 | Medidas para facilitar a evacuação do edifício em caso de incêndio

9.4.4 | Medidas para melhorar a eficácia do combate ao incêndio

9.5 | Melhoria das condições gerais de higiene e conforto ambiental

9.5.1 | Melhoria das condições gerais de higiene

9.5.2 | Melhoria das condições higrométricas por reparação de patologias devidas a humidade e ao insuficiente isolamento térmico

9.5.3 | Melhoria das condições de ventilação dos edifícios

9.5.4 | Melhoria das condições de iluminação natural

9.5.5 | Melhoria das condições acústicas

9.6 | Algumas recomendações técnicas quanto à reabilitação de paredes divisórias

9.6.1 | Recomendações gerais sobre mudanças em paredes interiores

9.6.2 | Reabilitação construtiva das paredes interiores

9.6.3 | Reparação e substituição de revestimentos de paredes interiores

9.6.4 | Reparação e reabilitação de caixilharia interior

9.7 | Reparação e reabilitação de elementos da envolvente e respectivos revestimentos

9.7.1| Recomendações para reparação dos rebocos dos paramentos exteriores das paredes e seus acabamentos

9.7.2 | Reparação e reposição de revestimentos cerâmicos

9.7.3 | Reparação e reabilitação de revestimentos de chapa e de ardósia

9.7.4 | Reabilitação da caixilharia exterior

9.7.5 | Reabilitação de elementos de oclusão dos vãos

9.7.6 | Reabilitação de guardas das varandas e sacadas

9.7.7 | Reparação e reabilitação de revestimentos de pavimentos e de tectos

9.7.8 | Reparação e reabilitação de revestimentos em pedra

9.8 | Reabilitação e Renovação das Instalações Técnicas Prediais

9.8.1 | Instalações de Abastecimento de Água Potável

9.8.2 | Instalações de Drenagem de Águas Residuais e Pluviais

9.8.2.1 | Sistemas de Drenagem de Águas Residuais Domésticas

9.8.2.2 | Sistemas de Drenagem de Águas Pluviais

9.8.3 | Instalações de Distribuição de Energia Eléctrica, Gás e Telecomunicações

9.8.3.1 | Instalações Eléctricas e ITED

9.8.3.2 | Instalações de Gás

 

Bibliografia

1